TRÊS FACES DA DEUSA

 

Três Faces da Deusa acompanha três jovens que encontram na natureza a base de sua religiosidade. Através de seus relatos, o documentário tem como foco debater sobre paganismo, fé e desmistificar a ideia negativa por trás da bruxaria.

Bárbara, Stéphanie e Iago são os três universitários foco desse filme e faces de uma nova leva de adeptos das antigas religiões e crenças matriarcais. Três Faces da Deusa busca sensibilizar e mostrar ao público geral a simplicidade da bruxaria, além de uma importante mensagem de amor, respeito e conexão com a natureza.

Direção: Mateus Cabot

 

Direção O documentário é um projeto totalmente independente e sem investimento de Mateus Cabot, formando em Jornalismo pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Três Faces da Deusa é resultado da disciplina Projetos Profissionais em Jornalismo, sob orientação de Fafate Costa. A co-direção é de Sandro Aragão, formando em Letras pela mesma instituição.

Círculo Stephanie Gribel, Bárbara Gatai e Iago Ferraz (ou simplesmente Puck) são amigos, universitários e pagãos. Vindos da capital e interior fluminense, se encontraram na baixada, e apesar de diferentes, juntos representam a diversidade da bruxaria e das faces da Deusa.